Pois é. É desse jeito que pouco conseguimos viver o aqui-agora tão recomendado por terapeutas de todas as linhas e escolas, bem como, por gurus de todas as épocas e lugares.

O fato é que as recordações do passado e as preocupações com o futuro não permitem a vivência integral do momento presente.

Não que não se possa fazer algo a respeito…

Fato curioso é que, na natureza, só o passado e o presente contam: as coisas acontecem em função do que aconteceu (passado) e do que acontece (presente) e não em vista do que acontecerá (futuro).

E os projetos mudam tudo: você vai ao projeto (seu desejo no futuro) e volta inúmeras vezes ao presente para adequá-lo em função do projeto, isto é, levando em consideração o futuro que você projetou.

Essa habilidade, embora traga alguma ansiedade e expectativa, é, sem dúvida, uma das maiores conquistas da mente humana e da civilização.

Enquanto na natureza o presente é resultado exclusivo do passado, o empreendedor prepara o presente adequando-o ao futuro.