Aprendemos a fazer o fogo e com ele cozinhamos o alimento, iluminamos a escuridão da noite e espantamos o frio e o animal feroz.

Inventamos a linguagem, a roda e a medicina. Construímos comunidades, embriões da sociedade cada vez mais complexa.

Nas cidades juntamos gentes de todas as procedências que intercambiaram suas crenças e saberes na construção de conhecimentos cada vez mais vastos.

A maioria simplesmente segue a multidão. Alguém já disse que uma de nossas características mais marcantes é a imitação… Alguns inventam e a maioria copia e sai por aí fazendo igual.

São pessoas bem parecidas com todas as outras. Com uma diferença: elas sabem que podem fazer acontecer!