QUEM SÃO NOSSOS PERSONAGENS?

Hermes
ACESSE TODAS PUBLICAÇÕES DE HERMES

QUEM É HERMES?

Nem de longe é tão sábio quanto Hermes Trimegistus, seu xará divino.

No entanto, após grande número de avanços significativos e de retrocessos estressantes, já adquiriu competência suficiente para acertar mais que errar.

Sobreviveu a tormentos existenciais gigantescos e, no anseio de inventar sua forma adequada de viver, aprendeu a deixar aflorar sua criatividade primordial e dela se utilizar como poderoso instrumento de realização pessoal e plenitude.

Extremamente sensível às dúvidas essenciais que afligem a alma humana, a questões filosóficas de fino trato e aos fatos da atualidade em geral, é um aventureiro do pensar, do sentir e do fazer.

Já descobriu que não pode conhecer nada de forma genuína enquanto não se conhecer de verdade.

Mas não lamenta o fato e, enquanto investe firme em autoconhecimento, adora provocar Browni, seu jovem interlocutor, toda vez que o moço desperdiça energia com trivialidades, usa argumentos frouxos em raciocínios descuidados e expressa sentimentos imaturos e mal resolvidos.

Tudo isso para chamar a atenção dos que seguem suas conversas e acompanham seus diálogos para duas lamentáveis limitações que nós mesmos nos impomos: a de ficar inconscientes de que vivemos num universo infinitamente mais fantástico do que imaginamos, e a de não enxergar que estamos sendo infinitamente menores do que podemos ser.

QUEM É BROWNI?

Interlocutor privilegiado de Hermes, Browni, curioso e hiperativo, é a perfeita encarnação da vontade de conhecer e da disposição para aprender.

Aliás, não foi por outro motivo que colou em Hermes passando a usufruir do intenso e permanente fluxo de ideias que provém da mente inquieta do companheiro.

Sabe que nada sabe e que é infinito o caminho a percorrer na estrada da evolução.

Esses, por certo, são seus melhores insights.

Browni
ACESSE TODAS PUBLICAÇÕES DE BROWNI
ET
ACESSE TODAS PUBLICAÇÕES DO ET

QUEM É O ET?

O ET é um ser estelar de dimensão superior.

Profundo conhecedor da verdadeira história da Terra e de todas as humanidades que por aqui passaram, fala da civilização atual conversando com Hermes (e com Browni, às vezes) sobre o raro, intenso e radical momento cósmico que vivemos atualmente.

Seu recado mais importante permeia todas as suas mensagens: a expansão de consciência da humanidade que ocorre em nossa época é a maior de todos os tempos e completamente diferente de todas as que ocorreram antes.

Ele é incansável em chamar a atenção de que tal fato está tornando disponível,para todos os que se abrem internamente à essa possibilidade, uma fantástica viagem de retorno à Luz e rumo ao Desconhecido.

QUEM É BRUNO?

“Existe uma infinidade de sóis, de terras girando em torno de seus sóis (…) como os planetas giram em torno do nosso Sol. E seres vivos habitam esses mundos.”

Essa afirmação poderia ter sido feita por qualquer homem, mulher ou, até mesmo, criança do século 21.

No entanto, saiu da boca de Giordano Bruno que, por ter tido a ousadia de falar coisas tão avançadas para a época, foi queimado vivo em 1600, demonstrando na própria pele que não é nada fácil (e, às vezes, fatal) viver quando se está muito à frente de seu tempo.

Bruno, nosso personagem inspirado em Giordano, é um garoto bidimensional que, após sonhar com a 3D, ingressa na triquadridimensionalidade da vida humana na Terra e prossegue sua jornada rumo à quinta dimensão.

Em seu estágio terrestre aprende a lidar com as sombras de nossa realidade atual (suas injustiças e sofrimentos), mas também com as luzes que podem conduzi-lo à realização de suas melhores possibilidades humanas como a criatividade, a plenitude e a transcendência.

Já na passagem para a quinta dimensão, vive aventuras que remetem a interessantes paradoxos da Teoria da Relatividade e da Física Quântica enquanto se aprofunda em sua própria natureza que se revela cada vez mais inusitada a cada passo.

Bruno
ACESSE TODAS PUBLICAÇÕES DE BRUNO
Maquiavel
ACESSE TODAS PUBLICAÇÕES DE MAQUIAVEL

QUEM É MAQUIAVEL, O Assessor?

Nicolau Maquiavel todos conhecem: autor de O Príncipe, viveu em Florença entre os séculos 15 e 16 e para muitos é o pioneiro do pensamento político moderno.

Já o personagem de nossos quadrinhos é outro Maquiavel.

Com as devidas escusas ao verdadeiro, pegamos carona na fama de conselheiro sem escrúpulos do cientista político florentino (fama completamente injusta, diga-se) para servir de chiste à politicagem que se faz por aí, essa prática indecente que, no mundo todo, está tentando acabar com a boa política, a tão necessária arte-ciência da conciliação de interesses sociais com um mínimo de conflito e na prevalência do interesse da maioria.

Os conselhos que nosso Maquiavel de ficção dá ao político que assessora são de exclusiva responsabilidade do Universo Hermes & Browni, e têm como único objetivo exprimir de forma caricata e escrachada os desatinos da tão absurda politicagem, essa obscena praga mundial.