SETE CHAVES PARA UMA VIDA PLENA

O QUE SÃO AS SETE CHAVES?

Você está vivendo em um dentre três possíveis graus de condicionamento:

PRIMEIRO GRAU

Completamente condicionado, você nem mesmo percebe que é condicionado e que vive uma vida comum.

SEGUNDO GRAU

Condicionado, você tenta deixar de ser condicionado, uma vez que já percebeu que a vida pode ser muito mais abundante, verdadeira e plena do que tem sido.

TERCEIRO GRAU

Grau de condicionamento zero. Até onde a liberdade é possível na existência terrena, você a conquistou: aprendeu a ser você mesmo, descobriu seu propósito de vida e vive de forma abundante, plena e feliz.

As SETE CHAVES são princípios transformadores que podem e devem ser usados para quem está no segundo grau de condicionamento, visto que uma consciência do primeiro grau, por ainda não perceber as necessidades sutis de sua alma, não teria como delas tirar grande proveito, e uma de terceiro, já as utiliza de forma tão natural que não precisa mais se dar ao trabalho de se empenhar nelas.

É por isso que aqui você encontra conteúdos sobre as SETE CHAVES que são úteis fundamentalmente para quem, já tendo despertado da inconsciência coletiva, saiu ou tenta sair da manada na certeza de que é possível fazer sua estrada, caminhar por si mesmo e construir seu próprio destino.

QUAIS SÃO AS SETE CHAVES?

CRIATIVIDADE é um potencial natural que todos têm; portanto, é seu por direito de nascença.

Criatividade é o contrário da ação automática, ou seja, da reação instintiva e da reação socialmente condicionada.

Ela é a ação escolhida que, quando praticada com constância e regularidade, vira um modo de vida: a vida criativa.

Quando você busca sua criatividade em seu ser profundo ela te conduz a um estado alterado de consciência chamado fluxo, um verdadeiro êxtase!

É a sua intimidade crescente com esse nível privilegiado de consciência o fator que facilita, estimula e potencializa a sua capacidade de foco.

FOCO é a habilidade de fazer as coisas completamente concentrado (focado) no agora, o momento presente.

Agindo desse modo, você fica muito mais vivo, alerta, intenso, uma vez que o presente é a única realidade concreta, visto que passado é memória e futuro, expectativa, duas subjetividades que só existem na mente.

Sua vivência total do agora te abre a percepção para as sutilezas do objeto de sua atenção concentrada fazendo com que ele revele vislumbres de sua essência.

Ora, como a essência de todo o universo é uma só, você (mesmo que não tenha essa intenção) acaba experimentando uma pequena amostra de sua própria essência.

Ou seja, você entra em sintonia com sua natureza mais profunda.

SINTONIA é provocada pelo foco, mas é mais que foco.

Ela é uma dinâmica interior que, motivada pelo prazer das descobertas cada vez mais sutis que você faz, promove a sua cura nos níveis físico, emocional e mental e dá colorido especial até mesmo à rotina de seu dia a dia transformando-a com insights que brotam do magnífico acervo de conhecimento da sua consciência superior.

Quando você já aprendeu a focar sua atenção e, por via da aspiração ao sublime e da entrega confiante ao desconhecido, permite que a sabedoria de sua alma fale aos seus ouvidos, você está pronto para o discernimento.

DISCERNIMENTO é saber em cada situação, independentemente de regras, o melhor a ser feito.

É aquela habilidade que você tem de identificar erros, aprender com eles e, ao vivenciar situações difíceis, sair sempre maior do que entrou.

É reconhecer o momento de agir e de saber como.

Discernimento é a capacidade de, num relance, enxergar o que realmente importa.

Aliás, é antes de tudo essa característica específica do discernimento, ou seja, a de distinguir o essencial do supérfluo e o real do ilusório que te conduz ao autocompromisso.

AUTOCOMPROMISSO como entendemos aqui não é responsabilidade e disciplina como vulgarmente consideradas: posturas impostas de fora para dentro.

Situado no polo oposto, o autocompromisso de que falamos, por nascer do discernimento, tem gênese interna.

Você não tem autocompromisso (e nem conseguiria ter mesmo se quisesse) enquanto sua inconsciência das coisas do mundo for muito grande.

É só quando larga a manada que você se torna capaz de assumir real compromisso com a vida.

O motivo é simples: autocompromisso nunca é um peso quando realizado com foco no agora e é uma alegria quando sua vida é criativa, e viver vale a pena.

E viver vale sempre a pena quando seu compromisso é com o que você veio fazer de mais importante na Terra.

Porque isso é o seu propósito.

PROPÓSITO é exatamente isso: o que você veio fazer de mais importante aqui no planeta.

O objetivo geral de sua passagem pela Terra é te proporcionar experiências na realidade material.

Ora, como experimentar a vida na matéria é fazer coisas, você faz, fez e fará muitas coisas na vida.

A mais importante delas, o seu propósito, é sua missão de vida.

Antes de descobrir seu propósito, você caminha desorientado procurando… o quê?

Procurando o que não sabe que procura!

E enquanto não identifica seu propósito, você não tem como se livrar desse drama.

Mas um dia, orientado pelo discernimento em fina sintonia com sua alma, você descobre o propósito e entende pela primeira vez na vida o significado maior da palavra autocompromisso: realizar seu propósito e viver em função dele.

Quando você tem como foco prioritário a concretização de seu propósito, você consegue ser completamente autêntico em sua ação, nunca antes disso.

E é, ao mergulhar de cabeça nessa ação tremendamente criativa (e mágica!), que você chega à sua verdade.

VERDADE é a coerência de tudo o que você faz, pensa e sente com o que você é em essência.

E você está pronto para chegar à sua verdade, sua verdade genuína, apenas quando, após longa jornada trabalhando suas qualidades humanas, alcança o nível de consciência próprio de quem conhece o propósito de sua vida e está se empenhando em realizá-lo ou já o realizou.

Porque realização do propósito e verdade são, no fundo, uma coisa só.

ÚLTIMOS POSTS DAS SETE CHAVES

Em todas as suas produções (tiras, textos, almanaques, livros, vídeos, ebooks, etc) Hermes e Browni utilizam as chaves nas mais variadas situações. Isso na intenção de estimulá-lo no uso das chaves para intensificar e acelerar seu processo evolutivo rumo à consciência expandida e ao seu poder de SER VOCÊ VERDADEIRAMENTE.

CRIATIVIDADE

POST PADRÃO

Textos|

POSTAGEM PADRÃO ------------------------------------------ O MAL É UM MAL NECESSÁRIO! Para o nível evolutivo médio do ser humano atual [...]

VER MAIS

FOCO

POST PADRÃO

Textos|

POSTAGEM PADRÃO ------------------------------------------ O MAL É UM MAL NECESSÁRIO! Para o nível evolutivo médio do ser humano atual [...]

VER MAIS

SINTONIA

POST PADRÃO

Textos|

POSTAGEM PADRÃO ------------------------------------------ O MAL É UM MAL NECESSÁRIO! Para o nível evolutivo médio do ser humano atual [...]

VER MAIS

DISCERNIMENTO

POST PADRÃO

Textos|

POSTAGEM PADRÃO ------------------------------------------ O MAL É UM MAL NECESSÁRIO! Para o nível evolutivo médio do ser humano atual [...]

VER MAIS

AUTOCOMPROMISSO

POST PADRÃO

Textos|

POSTAGEM PADRÃO ------------------------------------------ O MAL É UM MAL NECESSÁRIO! Para o nível evolutivo médio do ser humano atual [...]

VER MAIS

PROPÓSITO

POST PADRÃO

Textos|

POSTAGEM PADRÃO ------------------------------------------ O MAL É UM MAL NECESSÁRIO! Para o nível evolutivo médio do ser humano atual [...]

VER MAIS

VERDADE

POST PADRÃO

Textos|

POSTAGEM PADRÃO ------------------------------------------ O MAL É UM MAL NECESSÁRIO! Para o nível evolutivo médio do ser humano atual [...]

VER MAIS